DESCARTE CORRETO DO LIXO TAMBÉM AJUDA A DIMINUIR RISCOS DE CONTÁGIO DA COVID-19

 DESCARTE CORRETO DO LIXO TAMBÉM AJUDA A DIMINUIR RISCOS DE CONTÁGIO DA COVID-19

Cuidados devem ser redobrados por infectados ou com suspeita da doença, em isolamento domiciliar

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e Meio Ambiente e a Corpus Saneamento orientam a população a redobrar os cuidados com o acondicionamento e o descarte do lixo residencial no período de quarentena. As orientações devem ser seguidas, principalmente, por pessoas infectadas ou com suspeita de Covid-19 que estejam em isolamento domiciliar. Para este grupo a separação de recicláveis deve ser evitada no período. O cuidado é importante para não colocar em risco a saúde de outras pessoas, entre elas profissionais que trabalham na coleta porta a porta e na triagem de recicláveis.

Para o descarte correto, todos os resíduos devem ser jogados no lixo comum, incluindo máscaras descartáveis, luvas e materiais usados na higiene pessoal, inclusive embalagens. O recomendado é utilizar dois sacos, um dentro do outro, e bem amarrados, de preferência com nó duplo. Os sacos devem ser preenchidos apenas com um terço de sua capacidade total para facilitar a amarração e evitar contaminações, mesmo dentro de casa. Outro cuidado importante é colocar o lixo nas lixeiras apenas nos dias de coleta, evitando que os sacos sejam rasgados por animais.

O secretário de Serviços Urbanos, Leandro Dias de Souza, reforça que a coleta seletiva deve continuar a ser praticada normalmente por pessoas que não se enquadram no quadro de suspeitos ou infectados pelo novo coronavírus. “Lembrando que máscaras e luvas descartáveis não devem ser separadas para a coleta seletiva, mesmo por pessoas que não tenham qualquer suspeita da doença. Esses materiais podem ser descartados no lixo comum”, explicou. “Nesse período de quarentena, recomendamos que o lixo de toda a população também seja colocado em dois sacos, um dentro do outro, e fechados com nó duplo. 

A Corpus, em parceria com a Prefeitura, esta semana iniciou o envio de um comunicado para serviços de saúde e profissionais da área para reforçar as orientações de gerenciamento de resíduos contaminantes ou com suspeita de contaminação de lixo hospitalar e também de resíduos comuns de hospitais públicos, privados, clínicas médicas e locais com grande concentração de pessoas infectadas.

Os resíduos de alguns serviços de saúde já possuem regras próprias para o descarte, com a utilização de embalagens especiais e são coletados e transportados por serviços especializados da Corpus. Esses materiais são submetidos a processos de tratamento antes de sua disposição final.

O cuidado redobrado com o descarte do lixo durante a quarentena é uma medida essencial de prevenção da saúde, em atenção às recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Raphaela Vitiello

Raphaela Vitiello

Post relacionados

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *